Um problema Ocidental

O poder do mindfulness fica limitado se descontextualizado dos ensinamentos éticos. Tim Lomas/Psychology Today in Mindmatters magazine 4 Dado o crescente interesse suscitado pelo mindfulness em todo o mundo, há uma questão que se impõe colocar: é o mindfulness ético? Da forma como a atenção plena é frequentemente ensinada e praticada no Ocidente, a resposta parece ser “não necessariamente”. O que é uma pena. O … Continue a ler Um problema Ocidental

A encruzilhada da meditação

Paulo Borges, professor de Filosofia e de meditação, com uma vasta experiência na tradição Nyingma, é presidente do Círculo do Entre-Ser, uma associação ética e filosófica inspirada pelos ensinamentos do mestre Zen vietnamita Thich Nhat Hanh. Em entrevista exclusiva à Mindmatters magazine, Paulo Borges aborda de forma aberta e sem reservas a encruzilhada em que se encontram a meditação e o mindfulness no Ocidente. Por … Continue a ler A encruzilhada da meditação

Do vazio ao cais absoluto ou Fernando Pessoa entre Oriente e Ocidente

Por Paulo Borges in Mindmatters magazine Neste novo livro dedicado a Fernando Pessoa, no qual continuamos a explorar a fecundidade filosófica da sua obra e a pensar a partir dela, reunimos estudos sobre as relações explícitas e implícitas do poeta e pensador português com temas centrais da espiritualidade e da cultura orientais e ocidentais. Dotado de um espírito cosmopolita e universalista, Pessoa dialoga directa e indirectamente … Continue a ler Do vazio ao cais absoluto ou Fernando Pessoa entre Oriente e Ocidente

Nem tudo o que reluz é ouro

Roman Krznaric, filósofo e sociólogo britânico, escreve para a TIME sobre as suas reservas à chamada “revolução mindfulness”, cita Matthieu Ricard e acusa o mindfulness secular de estar a alterar o ideal de carpe diem. Respire. Esteja ciente do momento presente. Viva aqui e agora. Tudo termos já bastante familiares à generalidade das pessoas, já que vivemos em plena revolução mindfulness. Os cursos de atenção plena têm-se espalhado por todo o … Continue a ler Nem tudo o que reluz é ouro

Sísifo, o Bodisattva

A partir do ensaio filosófico de Albert Camus, “O mito de Sísifo”, Radhule Weininger/The Santa Barbara Independent lança um novo olhar sobre o sofrimento daquela figura mitológica como um modelo de felicidade dirigido à humanidade. Foto de Dylan Siebel/Unsplash Nestes tempos difíceis e imprevisíveis, somos muitos os que sentem uma grande dose de incerteza e receio. Quando olho para algumas pessoas minhas conhecidas, gente empenhada no … Continue a ler Sísifo, o Bodisattva

Somos analfabetos do silêncio

Por José Tolentino Mendonça Christine Sun Kim (ilustração) in Revista Expresso Ao que parece, durante anos, o compositor John Cage sondou a possibilidade de elaborar uma obra completamente silenciosa, mas impedia-o duas coisas: a dúvida se uma tarefa assim não estaria, desde logo, votada ao fracasso, porque tudo é som; e a convicção de que uma composição tal seria incompreensível no espaço mental da cultura … Continue a ler Somos analfabetos do silêncio

A meditação de Hannah Arendt

A reflexão meditativa, que Hannah Arendt chama de pensar em solidão, é a melhor farmacopeia para o fortalecimento da faculdade moral da pessoa.  Por Arash Arjomandi in ABC Porque é que em determinados contextos, pessoas comuns e mentalmente sãs, que não se caracterizam particularmente por uma maior dose de orgulho, ego ou inveja relativamente à sua média social, são capazes de cometer actos marcadamente imorais? A … Continue a ler A meditação de Hannah Arendt