O que realmente importa no fim da vida?

No final de nossas vidas, o que mais desejamos? Para muitos, conforto, respeito e amor. BJ Miller é um médico de cuidados paliativos que reflete profundamente sobre como criar um fim de vida digno e gracioso para os seus pacientes. Aproveite o tempo para saborear esta conversa emocionante, que faz grandes perguntas sobre como pensamos sobre a morte e honrar a vida. Continue a ler O que realmente importa no fim da vida?

O refluxo e o fluxo do Sofrimento. Cuidar com auto-compaixão

Quando estava a fazer pesquisas para o meu mais recente livro, Real Love, tive a oportunidade de conversar com centenas de alunos meus em todo o mundo sobre o que significava para eles, o amor – amor próprio, amor pelos amigos e familiares, amor romântico, amor parental, amor em todos contextos. Por Sharon Salzberg in Garrison Institute | 28 Dezembro 2017  ver artigo original Em … Continue a ler O refluxo e o fluxo do Sofrimento. Cuidar com auto-compaixão

Como passar da culpa à solidariedade

Por Tara Brach | Pieter Musterd (foto) Fruto do nosso processo evolutivo, existe uma tendência negativista que nos marca: trata-se de um hábito orientado pela nossa necessidade de sobrevivência de procura e fixação naquilo que achamos estar errado. Na sociedade contemporânea, esse alvo perverso reflete-se no nosso próprio sentido de imerecimento. Por hábito, fixamo-nos no quão aquém estamos: nas relações sociais, no trabalho, na aparência … Continue a ler Como passar da culpa à solidariedade

O budista e o neurocientista

Por Kathy Gilsinan | Mario Anzuoni/Reuters in The Atlantic  ver artigo original Em 1992, o neurocientista Richard Davidson foi desafiado pelo Dalai Lama. Na altura, este investigador norte-americano tinha dedicado toda a sua carreira a interrogar-se por que é que as pessoas respondiam às contrariedades da vida de forma diferente. Porquê, perante acontecimentos trágicos, alguns são mais resilientes do que outros? É a resiliência algo passível de se adquirir … Continue a ler O budista e o neurocientista

Meditação alivia sintomas de stress em adolescentes

O stress na adolescência tem vindo a acentuar-se. Segundo um novo estudo, aprender mindfulness e auto-compaixão pode ajudar os jovens a lidar com o problema. Por Jessica Morey in Greater Good | 15 de agosto de 2016  ver artigo original Num inquérito a nível nacional conduzido pela American Psychological Association em 2014, 31% dos adolescentes com idades compreendidas entre os 13 e os 17 anos … Continue a ler Meditação alivia sintomas de stress em adolescentes

O que está a fazer falta ao ‘mindfulness’

Segundo o neurocirurgião Jim Doty, ‘mindfulness’ e compaixão devem andar de mãos dadas. Por Kira M. Newman | Arlene Dubo (ilustração) in Greater Good | 9 de junho de 2016  ver artigo original Durante a sua fase de crescimento, Jim Doty teve tudo contra si: um pai alcoólatra, uma mãe que sofria de depressão, uma família que vivia em estado de pobreza. Mas, de alguma … Continue a ler O que está a fazer falta ao ‘mindfulness’

A compaixão resulta

in Mindful.org | 15 de Março de 2016 por Jae Ellard Decidir abrir-se aos colaboradores e cuidar do seu bem-estar, é bom para eles, para si e para a empresa. Já alguma vez viu a compaixão fazer parte dos requisitos para uma determinada função? Provavelmente não, uma vez que a maior parte das empresas não considera a compaixão uma competência e muito menos um requisito … Continue a ler A compaixão resulta