‘Os sentimentos têm papel essencial no progresso — ou no atraso — civilizatório’ – diz neurocientista António Damásio

O impacto do sentir | Cientista António Damásio argumenta, em novo livro, que os sentimentos têm papel essencial no progresso — ou no atraso — civilizatório– entrevista realizada por Filipe Vilicic | revista Veja* O neurocientista português António Damásio consagrou-se, em seus 74 anos (2018), como um dos intelectuais que mais compreendem o funcionamento do nosso cérebro. Ao lado da mulher e colega de profissão, a … Continue a ler ‘Os sentimentos têm papel essencial no progresso — ou no atraso — civilizatório’ – diz neurocientista António Damásio

Cérebro – mais vasto que o céu. Uma exposição a não perder na Fundação Gulbenkian.

De 16 março a 10 junho poderá visitar a exposição Cérebro – Mais vasto que o Céu. Na programação complementar destaca-se a palestra de António Damásio, a 2 de Junho: O Cérebro, o Corpo, e a Naturalidade da Consciência. C Um cérebro com 500 milhões de anos e um cérebro moderno. Dois neurónios gigantes, fragmentos de um papiro egípcio. Um quadro de Bridget Riley, uma … Continue a ler Cérebro – mais vasto que o céu. Uma exposição a não perder na Fundação Gulbenkian.