O bom e o ruim são geralmente histórias incompletas que contamos a nós mesmos.

Há uma antiga parábola sobre um fazendeiro que perdeu o cavalo dele. Os vizinhos foram visitá-lo e lhe disseram: “Ah, isso é muito ruim!”O fazendeiro respondeu: “Bom ou ruim, é difícil dizer”. Dias depois, o cavalo retorna e traz consigo sete cavalos selvagens. Os vizinhos vão visitá-lo para lhe dizer: “Ah, isso é muito bom!”O fazendeiro encolhe os ombros e diz:”Bom ou ruim, é difícil … Continue a ler O bom e o ruim são geralmente histórias incompletas que contamos a nós mesmos.

Encontrar o preconceito escondido nas palavras

O tipo de linguagem que escolhemos usar reflete a nossa predisposição implícita. Mas, segundo um novo estudo, o mindfulness pode ter uma palavra a dizer. Por Jenn Director Knudsen | Calef Brown (ilustração) in Greater Good | 5 de outubro de 2016  ver artigo original A linguagem pode ser reveladora das nossas crenças e preconceitos escondidos: os homens são melhores do que as mulheres nas ciências; as … Continue a ler Encontrar o preconceito escondido nas palavras